Ultimate magazine theme for WordPress.

Já começou o primeiro ensaio clínico para tratar enxaqueca com cannabis

A enxaqueca é um tipo comum de dor de cabeça e que pode afetar a qualidade de vida daqueles que sofrem com o problema. As crises podem durar entre quatro e 72 horas e podem ser acompanhadas de náuseas, vómitos e até sintomas neurológicos como formigueiros ou dormência.

Pela primeira vez, especialistas do hospital da Universidade da Califórnia, em San Diego (UCSD), nos Estados Unidos, deram início a um ensaio clínico para testar substâncias da canábis como método para tratar a enxaqueca. Como explica a Galileu, o objetivo é investigar os efeitos terapêuticos do tetra-hidrocanabinol e do canabidiol.

As experiências contam com a participação de aproximadamente 20 voluntários, com idades entre 21 e 65 anos. Estes têm enxaquecas todos os meses e não são consumidores regulares de canábis ou opioides. Espera-se que o ensaio inclua mais 70 voluntários.

Os participantes serão divididos por quatro tipos de enxaqueca, irão passar por quatro tratamentos diferentes: um com tetra-hidrocanabinol, outro com canabidiol; uma combinação dos dois e um placebo. Os produtos serão administrados com um vaporizador.(NMinuto)

você pode gostar também