Ultimate magazine theme for WordPress.

Bebida feita com combustível para aviões já matou 13 pessoas em Angola

Já se contabilizam 13 mortos devido à ingestão de uma “caipirinha” adulterada feita com combustível para aeronaves, em Luanda, Angola.

Outros jovens continuam a dar entrada, em estado grave, em hospitais de Viana, de acordo com a imprensa angolana. O Jornal de Angola avança que as vítimas têm entre 14 e 59 anos e quem fornecia esta bebida está entre as vítimas mortais. A comerciante já foi detida pela polícia mais três ajudantes.

A bebida chama-se “caipirinha do azar” e trata-se de uma mistura de “água do chefe” [bebida artesanal destilada, composta por açúcar e fermento], capassarinho [um fruto com efeito alucinogénio] e combustível JET A1, para aviões.

O caso ocorreu no bairro da Caop, em Viana. Segundo o coordenador da Comissão de Moradores, António Costa, a bebida provoca sintomas como dores de cabeça, dores no corpo, enjoos, mal-estar geral, dificuldades em andar e perda de visão.

CM

você pode gostar também