X
    Categories: Nacional

Polícia moçambicana desmente rumores de eminência de ataque terrorista à cidade de Pemba

A polícia da República de Moçambique (PRM) considera falsas informações postas a circular, nos últimos dias, nas redes sociais e em alguns órgãos de comunicação social, sobre a eminência de um ataque terrorista a cidade de Pemba, capital da província de Cabo Delgado.

Falando em conferência de imprensa havida segunda-feira, em Pemba, o porta-voz da PRM em Cabo Delgado, Ernesto Madungue, disse que são informações falsas proferidas por pessoas com interesses obscuros e que apenas visam criar medo e semear terror no seio dos residentes de Pemba.

Madungue garante que Pemba está bem protegida contra uma eventual investida de terroristas e pede aos cidadãos para que redobrem a vigilância denunciando junto as autoridades competentes quaisquer actos que possam constitui um atentado contra a segurança e tranquilidade públicas.

“Há mensagens que estão a circular nas redes sociais através do Facebook e WhatsApp alertando que a cidade de Pemba vai sofrer um ataque. A mensagem dizia que cidade seria atacada no domingo (11). Em termos de segurança, Pemba está segura”, disse o porta-voz, citado pela Rádio Moçambique, emissora nacional.

Por isso, a fonte acrescenta que “queremos exortar a toda a população ao nível da cidade de Pemba para se manter serena, mais vigilante e denunciar aquelas pessoas que andam a propalar essas informações”.

Garantiu que se a PRM apurar qualquer situação que coloque em causa a ordem e segurança públicas vai-se pronunciar em devido tempo. “Qualquer situação que coloque em causa a ordem e segurança públicas a polícia vai convocar uma conferência de imprensa para se pronunciar.

Sobre o recolher obrigatório, explicou a fonte, é uma medida adoptada pelo Governo nas 11 capitais provinciais e visa travar a propagação da pandemia da Covid-19. Reconheceu que também vai ajudar a reforçar as medidas de controlo da cidade com vista a garantir que não haja qualquer situação que coloque em causa a ordem e segurança pública.

As informações falsas levaram alguns pais a impedir os seus filhos de irem à escola e outros cidadãos a abandonar a cidade de Pemba.(Notícias)

Postagem Relacionada
Receba os principais destaques no Whatsapp

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.

Saiba mais