Ultimate magazine theme for WordPress.

Chiquinho Conde disputa a vaga de seleccionador nacional com Norton de Matos

O TÉCNICO moçambicano Chiquinho Conde disputa a vaga de seleccionador nacional com o português Luís Maria “Norton de Matos”, de 67 anos de idade.

Conde, ex-capitão dos Mambas, antigo jogador do Ferroviário da Beira, Palmeiras da Beira, Maxaquene, Belenenses, Sporting de Braga, Sporting de Portugal, Vitória de Setúbal, Tamba Bay (EUA).

Chiquinho orientou a Selecção Nacional por uma vez, num amigável com a selecção portuguesa, antes do Mundial de 2010, e já foi campeão nacional pelo Ferroviário de Maputo e a União Desportiva do Songo, tendo treinado o Maxaquene e Desportivo, Vilanculos FC, e V. Setúbal B, em Portugal, estando neste momento sem clube.

Por seu turno, Norton de Matos treinou várias equipas secundárias portuguesas como o Atlético CP, Barreirense, Sporting de Espinho, Lusitana, na década de ‘90, mais adiante o Salgueiros e Vitória de Guimarães. Consta do seu curriculum ter treinado a equipa B do Benfica de Portugal, até 2013, Chaves, como a selecção da Guiné-Bissau, em 2012, assim como as selecções da Índia de sub-17 e sub-19, de 1997 a 1999. Foi director do futebol profissional do Sporting Clube de Portugal. Como futebolista, Norton representou o Belenenses, Académica, Atlético, Standard Liége, Portimonense, terminando a carreira no Estrela de Amadora, em 1987.

Também consta da lista dos candidatos a seleccionador o português José “Rui Águas”, ex-jogador do Benfica de Portugal, Sporting de Braga, Marítimo, Estoril e selecção de Portugal, e como treinador foi adjunto no Benfica e no Santos (Brasil) e também foi seleccionador de Cabo Verde. O outro português indicado que se candidata ao cargo de seleccionador nacional é Rogério Gonçalves, que em Moçambique já treinou o Ferroviário de Nampula e Ferroviário da Beira.

A Federação Moçambicana de Futebol (FMF) ainda não se pronunciou quanto à data do anúncio do técnico que vai estar à frente da Selecção Nacional, em substituição de Luís Gonçalves, mas tudo indica que será antes do final deste mês, de forma que o escolhido possa reunir os primeiros elementos de reconhecimento ao terreno para saber como abordar os primeiros jogos da fase de grupos de apuramento ao “Mundial” do Qatar.(Jornal Notícias)

você pode gostar também