Ultimate magazine theme for WordPress.

Movimento migratório para África do Sul continua tímido

Pelo menos 1150 pessoas têm viajado, diariamente, através dos postos de travessia de Ressano Garcia e Ponta D’Ouro para a África do Sul, desde a reabertura das fronteiras, na última segunda-feira (15).

O número é reduzido, comparativamente a períodos anteriores em que atravessavam 3.500 cidadãos por dia.

Segundo o porta-voz do Serviço Nacional de Migração (SENAMI), Celestino Matsinhe, as pessoas têm observado o protocolo sanitário para as viagens internacionais, tal o caso da apresentação de um teste da Covid-19 com resultado negativo.

“Por outro lado, há possibilidade dos viajantes se submeterem ao exame do novo Coronavírus, na África do Sul. Entretanto, o valor desse exame sofreu um agravamento, de 170 para 200 a 300 rands (de cerca de 870 para pouco mais de 1000 a 1500 meticais), no sector público e privado, respectivamente”, disse.

África do Sul encerrou em Janeiro as 20 fronteiras terrestres por um mês para tentar conter a propagação da segunda vaga da pandemia da Covid-19, uma doença responsável por milhares de mortes.(JN)

você pode gostar também
error: Content is protected !!