Detido indiciado de matar tia em Inhambane com recurso a martelo

UM indivíduo, de 37 anos, encontra-se detido desde sábado (09), em Inhassorro, província de Inhambane, indiciado de ter tirado a vida à sua tia, de 70 anos, com recurso a martelo e ferros.

Segundo o chefe do departamento de Relações Pública, Comunicação e Imagem do Serviço Nacional de investigação Criminal (SERNIC), em Inhambane, Alceres Cuamba, o indiciado acusa a malograda de ser responsável doseu insucesso na vida.

“Este é segundo caso de homicídio que se regista na província de Inhambane, no presente ano. O primeiro deu-se no dia de 03, no distrito de Homoine, onde uma mãe, de 15 anos de idade, atirou a umpoço o filho de 18 meses”, explicou Cuamba.

Alceres Cuamba disse que brigadas da SERNIC têm realizado palestras nas comunidades, onde aconselham ao abandono destas práticas, e optem pelo diálogo. Caso não haja consenso devem procurar as autoridades competentes.

“Parece não se estara acatar a mensagem. Acreditamos que é preciso o envolvimento de outras entidades. A situação é preocupante”, considerou.(JN)