Transportadores de passageiros sancionados por superlotação em Maputo

Setenta e quatro transportadores, de diferentes rotas, foram multados esta semana pela Polícia Municipal da cidade de Maputo, por excesso de passageiros nos autocarros.

Segundo informa jornal Noticias, as penalizações ocorreram no âmbito da implementação do Plano Operativo Festas sem Covid-19, em vigor desde 15 de Dezembro, que visa garantir a segurança e livre circulação de pessoas e bens.

O porta-voz da corporação, Mateus Cuna, referiu que os infractores terão de pagar multa de 500 meticais por cada passageiro a mais.

Cunaacrescentou que os sancionados foram obrigados a desembarcar os viajantes a mais, como forma de reduzir o risco de contágios pelo novo coronavírus.

No período em análise,foram fiscalizados 9.578 autocarros e semi-colectivos de passageiros.

Durante a operação, 1.334 condutores acabaram sancionados por cometimento de outras irregularidades, com destaque para 57 operadores que encurtavam as rotas e 20 por utilização de viaturas de caixa aberta para o transporte de pessoas.