Surto de diarreia força milhares a abandonarem abrigo em Cabo Delgado

METUGE, CABO DELGADO — Milhares de pessoas abandonaram os abrigos no campo de Nangua, após a eclosão de um surto de diarreia, que já fez cinco mortos, esta semana, no distrito de Metuge, que acolhe o maior número de deslocados da insurgência em Cabo Delgado.

Os deslocados começaram a abandonar o abrigo, no início da tarde de quarta-feira, 25, após um tumulto no campo provocado pela morte de um líder local, que era acusado de estar a espalhar a doença.

“As diarreias já tinham matado cinco pessoas. A comunidade começou a culpar o senhor Amade (líder local) de trazer a diarreia, porque tinha sido visto com um saco de medicamentos tradicionais. Bateram-no até a morte”, disse à VOA um deslocado.

As Forças de Defesa e Segurança foram chamadas para repor a ordem no campo e dispararam balas reais e prenderam parte dos deslocados envolvidos na morte do líder local, deixando o clima mais tenso no campo.

“Até no início da manhã (26) o campo estava deserto, muitas pessoas tinham saído. Muitos diziam que era preferível regressar às aldeias atacadas, do que continuar no campo e morrer de diarreia”, disse outro deslocado.

VOA