Graça Machel foi a única pessoa a ser primeira-dama de dois países diferentes