Empresa chinesa quer comprar fábrica de cimento em Moçambique

Uma operadora chinesa de estações de serviço anunciou que está em negociações para a compra de uma fábrica de cimento na cidade de Pemba, na província moçambicana de Cabo Delgado.

Num comunicado enviado à Bolsa de Valores de Hong Kong na quarta-feira, a Sino Energy International Holdings Group Ltd revela que assinou um memorando de entendimento não-vinculativo com uma outra empresa chinesa, a Sino-Harbor Construction Group (Hong Kong) Co Ltd, para a aquisição de uma participação de 65 por cento na fábrica.

A Sino Energy tem agora 120 dias para analisar as contas da fábrica antes de decidir se pretende ou não assinar um acordo definitivo de compra, período que pode ser alargado por mútuo acordo.

A fábrica tem capacidade para produzir até 400 mil toneladas de cimento por ano e a Sino Energy disse estar otimista quanto à futura procura por cimento em Moçambique.

A Sino Energy disse acreditar que a aquisição poderá diversificar ainda mais os negócios e alargar as fontes de rendimento do grupo.

Além de operar estações de serviço, a empresa já tinha investido no fabrico e venda de calçado, vestuário e acessórios na China continental.(LUSA)