OMS reforça capacidade de testagem de covid-19 em Moçambique

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disponibilizou hoje ao Ministério da Saúde de Moçambique equipamentos para o reforço da capacidade de testagem para o novo coronavírus do país.

Sabendo do papel central desempenhado pelo laboratório, a OMS, através dos fundos do Gabinete da Commonwealth para Assuntos Externos e Desenvolvimento, apoiou o Instituto Nacional de Saúde (INS) na aquisição de dois equipamentos PCR, contribuindo para o aumento da testagem da covid-19 no país”, disse o representante interino da OMS em Moçambique, Tomás Valdez, na entrega simbólica do equipamento em Maputo.

Segundo a mesma fonte, com o novo equipamento, Moçambique vai passar a poder testar 2.000 amostras diárias, contra as 1.600 que o país testava por dia.

Falando durante a entrega simbólica do equipamento, o diretor-geral do INS, Ilesh Jani, referiu que a intenção das autoridades moçambicanas é continuar com o processo de descentralização da testagem.

“No primeiro semestre [do próximo ano] esperamos estabelecer este sistema de saúde pública nas províncias de Tete, Quelimane e Inhambane, que não só irão ampliar a capacidade de testagem como também vão abrir a possibilidade de fazer outros diagnósticos importantes de saúde pública nestes pontos do país”, afirmou Ilesh Jani.(LUSA)