Brasil condena ataques terroristas e manifesta solidariedade aos moçambicanos

O Governo brasileiro condenou “veementemente os ataques terroristas” ocorridos na região moçambicana de Cabo Delegado e manifestou solidariedade ao povo e executivo de Moçambique, segundo um comunicado divulgado na segunda-feira.

O Governo brasileiro deplora e condena veementemente os ataques terroristas ocorridos, nas últimas semanas, no extremo norte de Moçambique, na província de Cabo Delgado, que vitimaram dezenas de cidadãos daquela região. Ao expressar condolências às famílias das vítimas, o Governo brasileiro manifesta solidariedade ao povo e ao Governo de Moçambique, país com o qual compartilhamos fortes e históricos laços culturais e linguísticos”, indicou o Ministério das Relações Exteriores em comunicado.

O Brasil reafirmou ainda o “seu firme repúdio a toda e qualquer forma de terrorismo, independentemente de sua motivação”, e reiterou a sua “determinação em trabalhar com todos os parceiros internacionais para erradicar esse flagelo”.

A província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, é, há três anos, alvo de ataques por grupos armados, alguns reivindicados pelo grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico, mas cuja origem permanece em debate, provocando uma crise humanitária com cerca de duas mil mortes e 435 mil pessoas deslocadas.

Várias personalidades nacionais e internacionais têm-se pronunciado nos últimos dias sobre os ataques e a violência, em crescendo, na província de Cabo Delgado, com relatos, inclusivamente de decapitações.(LUSA)