Egito anuncia descoberta de pelo menos 100 caixões e estátuas antigas

Os responsáveis por antiguidades do Egito anunciaram, este sábado, a descoberta de pelo menos 100 caixões, alguns com múmias no interior, e cerca de 40 estátuas douradas numa necrópole faraónica no sul do Cairo.

Os sarcófagos coloridos e as estátuas estavam enterrados há mais de 2.500 anos e foram exibidos na famosa pirâmide de Djoser, em Saqqara.

O ministro do Turismo e Antiguidades, Khaled el-Anany, deu conta, durante uma conferência de imprensa citada pela Associated Press, que as descobertas datam da dinastia Ptolomaica que governou o Egito durante 300 anos.

Os objetos vão agora ser distribuídos por pelo menos três museus do Cairo e vai ser anunciada outra nova descoberta ainda este ano.

Desde setembro, o país já revelou a descoberta de pelo menos 140 sarcófagos, a maioria com múmias no interior.(NM)