Bebé sobrevive durante seis horas em morgue de hospital depois de ser dado como morto

Um bebé prematuro, com apenas 23 anos, sobreviveu depois de ter estado seis horas na morgue após ter sido declarado morto por engano. O caso aconteceu esta semana no hospital La Margarita, em Puebla, no México.

De acordo com o jornal Mirror, o bebé nasceu pelas 4h30 desta quarta-feira, sem sinais vitais e foi transferido para a morgue do hospital. A criança acabou por ser encontrada com vida por volta das 10h00 quando os responsáveis pela agência funerária se preparavam para levantar e entregar o corpo aos pais.

“Quando chegámos percebemos que estava a chorar e a mexer-se”, conta Miguel Angel Flores, dono da funerária, citado pelo jornal britânico.

De acordo com os médicos, o menor encontra-se agora sob observação numa unidade neonatal de terapia intensiva.

A unidade hospitalar abriu já uma investigação para apurar os contornos do caso.(CM)