Homem condenado a três anos de prisão por violar galinhas

[ihc-hide-content ihc_mb_type=”block” ihc_mb_who=”unreg” ihc_mb_template=”1″ ]

Rehan Baig, de 37 anos, foi preso por aquele que será um crime insólito e macabro.

O homem foi condenado a três anos de prisão por manter relações sexuais com galinhas, enquanto a mulher filmava.

A detenção aconteceu após uma denúncia de que teria em sua posse conteúdos de pornografia infantil. Quando as autoridades revistaram a sua casa, em Bradford, Reino Unido, para além de imagens de crianças com idade até seis anos, encontrou também uma pasta intitulada ‘Videos Familiares’. Na dita pasta foram encontrados videos do homem em atos sexuais com um cão e com galinhas.

Em tribunal, considerou-se que os actos levados a cabo por Rehan “fariam qualquer membro de direito da sociedade ficar enjoado”.

O juiz definiu o homem como um “depravado, pervertido e desprezível” e disse que a criação dos vídeos era “simplesmente incompreensível”.

Já a mulher, Haleema Baig, foi condenada a uma pena de prisão suspensa porque foi considerada vítima de comportamento coercivo e controlador.(NM)

[/ihc-hide-content]