Morreu Timothy Ray Brown o primeiro doente que foi “curado” ao VIH

A primeira pessoa no mundo a ser curada ao VIH, Timothy Ray Brown, morreu hoje vítima de cancro.

Timothy, que ficou conhecido como o ‘Paciente de Berlim’, recebeu, em 2007, um transplante de medula óssea de uma pessoa naturalmente imune ao VIH, recorda a BBC. O procedimento permitiu que o homem não precisasse de tomar medicamentos contra o vírus até ao resto da vida.

O homem, de 54 anos, e nascido nos EUA, foi diagnosticado com VIH enquanto vivia em Berlim, na Alemanha, em 1995. Anos depois, fez história ao tornar-se no primeiro paciente a curar-se da doença.

No mesmo ano, porém, em 2007, desenvolveu um tipo de cancro do sangue chamado leucemia mielóide aguda, que acabou por ser fatal. Timothy morreu esta terça-feira à tarde.

“Devemos a Timothy e ao seu médico, Gero Huetter, uma grande gratidão por abrir a porta para que os cientistas possam explorar o conceito de que uma cura para o VIH é possível”, afirma Adeeba Kamarulzaman, presidente da Sociedade Internacional de Aids.