Diagnosticado mais um caso positivo da COVID-19 na DNIC em Maputo

Trata-se do terceiro caso associado àquela entidade em um mês. O funcionário em causa é de sexo masculino, com idade compreendida entre os 40 a 50 anos. A instituição diz estar preocupada, mas garante que não há motivos para alarmes.

Em consequência do novo caso positivo da COVID-19, a DNIC teve que encerrar um dos seus departamentos para que 14 funcionários que tiveram contacto com o profissional infectado possam cumprir quarentena domiciliar. Ademais, teve que encerrar a sua fábrica de bilhetes por 24 horas para que seja feito o trabalho de desinfecção.

No balanço do primeiro mês da retoma das actividades, a Direcção de Identificação Civil disse ter registado mais de 100 mil pedidos de bilhetes de identidade, um número superior ao que se regista normalmente.

Ainda na conferência de imprensa, a Direcção Nacional de Identificação Civil anunciou a detenção, em flagrante delito, de três indivíduos que pretendiam fazer empréstimos bancários com recurso a bilhetes de identidade falsos.

O PAIS