ONG portuguesa angaria fundo para crianças de Cabo Delgado

A HELPO, organização não-governamental (ONG) portuguesa, angariou mais de 18 mil euros (1,5 milhões de meticais) em Portugal para apoiar cerca de 4.000 crianças deslocadas devido à violência terrorista na província de Cabo Delgado, foi terça-feira anunciado.

 

A campanha “Sem escola, a infância pesa mais”, decorreu entre 05 e 14 de Setembro corrente, em 418 supermercados, segundo um comunicado da Helpo. Os clientes foram convidados a contribuir com um, três ou cinco euros (84, 252 ou 420 meticais) para “financiar a resposta à emergência no apoio aos deslocados em Moçambique, nomeadamente as crianças, que têm de enfrentar um novo ano lectivo em condições dramaticamente adversas”.

 

“Nestas comunidades, onde muitas crianças têm de fazer vários quilómetros a pé para chegar à escola, uma mochila pode fazer toda a diferença”, acrescentou a organização. Segundo explicou na nota, “com a crise humanitária que atinge Cabo Delgado, são cerca de 4.000 novas crianças em idade escolar a que o apoio da Helpo terá de chegar”.

 

A Helpo é uma organização não-governamental para o desenvolvimento que actua em países africanos de língua oficial portuguesa desde 2008, nas áreas de educação e nutrição, prestando apoio às populações mais vulneráveis.

 

 

 

A província de Cabo Delgado é palco há três anos de ataques armados desencadeados por grupos terroristas. A violência provocou uma crise humanitária com cerca de 365.000 deslocados.