Calor intenso vai assolar Maputo e Gaza no dia das Forças Armadas de Moçambique

O Instituto Nacional de Meteorologia (INAM) prevê a ocorrência de calor intenso, caracterizado por tempo muito quente, com temperaturas máximas que poderão variar de 36 a 38 graus Celsius, para esta sexta-feira, Dia das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM).

Por causa da situação, o INAM recomenda a “tomada de medidas de precaução e segurança, face ao risco associado ao calor intenso e evitar aglomeração populacional” no sentido de não haver exposição à COVID-19.

O calor intenso vais assolar os distritos de Matutuine, Boane, Namaacha, Marracuene, Moamba, Magude, Manhiça e cidades de Maputo e Matola, na província de Maputo.

Em Gaza, o INAM prevê a mesma situação nos distritos de Chicualacuala, Massangena, Chigubo, Mabalane, Chibuto, Mapai, Chongoene, Mandlakazi, Bilene, Massingir, Guijá e cidades de Chókwè e Xai-Xai.

“O mesmo sistema vai intensificar na província de Gaza e poderá afectar progressivamente as províncias de Inhambane, Manica, Sofala, Tete e Zambézia, nos dias 26, 27 e 28, com temperaturas máximas a variarem de 38 a 42 graus Celcius”, explica um comunicado daquela instituição, enviado ao “O País”.

Na zona sul e norte, a situação será idêntica até segunda-feira, “continuação do tempo quente”.

Lelo Tayob, meteorologista do INAM, alertou ontem que o país estará sob altas temperaturas, em resultado do início do Verão no hemisfério sul.

O PAIS