Província de Sofala com cabine móvel para colecta de amostras da COVID-19

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

A província de Sofala já conta com uma cabine móvel de colecta de amostras de COVID-19 que deverá escalar as regiões de maior aglomerado populacional com destaque nos distritos onde há um elevado número de mineiros que regressam da vizinha África do sul.

É a primeira cabine móvel de colecta de amostras da COVID-19 e foi produzida pelo grupo SOS Corona, um grupo composto por empresários nacionais que tem estado a apoiar o governo no combate a esta doença.

A cabine foi produzida a pedido do governo de Sofala com objectivo de colher maior número de amostras nesta região do país, “e permitir que esta capacidade de testagem se prolongue para as zonas onde há uma maior concentração de pessoas e onde há tráfico de camiões internacionais”, afirmou Gilberto Correia, representante do Grupo SOS corona.

O governador de Sofala, referiu que a cabine vai reforçar a capacidade já instalada na testagem da doença neste ponto do país. Ele explicou que a cabine móvel irá, de forma rotativa escalar as áreas onde há um maior aglomerado de pessoas, entre eles Muxúngue e Inchope e todos os outros pontos da província de Sofala, particularmente nas regiões onde há muito contacto com pessoas oriundas da vizinha Africa do Sul e de outros países vizinhos.

O grupo SOS corona ofereceu ainda materiais de higienização e desinfecção que deverão ser encaminhados para o distrito do Búzi.

Ainda no âmbito de medidas de prevenção da COVID-19, Sofala recebeu 30 máquinas, de um total de 200, de higienização das mãos movidas a pedais, oferecidas por uma ONG australiana. Todas as máquinas serão alocadas as unidades sanitárias e serão usados pelos funcionários de saúde.

Com a iniciativa pretende-se evitar que os funcionários de saúde, principalmente os que tem estado em contacto com os pacientes que padecem da COVID-19, corram o risco de serem o transmissor, pois com as referidas maquinas, os profissionais de saúde já não irão tocar nas torneiras depois da lavagem das mãos.

O PAIS

Leia Também: Mulher queima gravemente o marido com óleo de cozinha