Conselho Municipal de Maputo não vai encerrar o mercado da Malanga

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

O Conselho Municipal de Maputo não vai encerrar o mercado da Malanga por três dias como procedeu com Xipamanine e Zimpeto. Sucede que os vendedores anteciparam-se e procederam com a limpeza e organização do local.Segundo informa jornal “O PAIS”

Podia ser encerrado por mais de 72 horas para permitir a reestruturação e desinfecção para evitar a propagação do Coronavírus. Mas o conselho municipal de Maputo tomou decisão diferente.

“O município não vai encerrar o mercado municipal da Malanga para o trabalho de reorganização”, informou Danúbio Lado, Vereador do Desenvolvimento local, que justificou a decisão como fruto “da colaboração dos vendedores”, sendo que a comissão do mercado tomou a dianteira ao sensibilizar os comerciantes a retirarem-se das bancas com precariedade elevada; a não exposição de produtos no chão; o distanciamento social, bem como a criação de espaços alternativos para circulação de pessoas e bens.

Sobre a decisão “O País” conversou com Tieta Sitoe, mãe 3 filhos, que vende no mercado desde o ano 2000.