Homem teve ereção de 4 horas naquela que será uma complicação da Covid-19

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Um homem com Covid-19, de 62 anos, sofreu uma ereção de quatro horas, naquela que pode tratar-se de uma reação rara e perigosa provocada pelo vírus.

O caso aconteceu num hospital de Versalhes, em França, onde o homem estava a ser tratado a uma infeção novo coronavírus.

A ereção, reporta o Daily Mail, poderá tratar-se de uma condição provocada por vários coágulos de sangue que ficaram “presos”. Quando os coágulos bloqueiam artérias ou veias, os bloqueios podem desencadear ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais fatais, sendo que quando esses bloqueios acontecem no pénis, dá-se o nome de priapismo.

A coagulação sanguínea tem sido reportada como uma das consequências da Covid-19 mas acredita-se que esta será a primeira vez que a mesma acontece no pénis de um doente.

Os médicos do Centro Hospitalar de Versalhes, em Le Chesnay, reportaram a situação do homem na revista The American Journal of Emergency Medicine.

Crê-se que o homem já terá vencido o novo coronavírus.(NMinuto)