África do Sul prepara “sexta-feira negra” em resposta ao racismo

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Segundo uma declaração do Congresso Nacional Africano (ANC), o Presidente Cyril Ramaphosa vai oficializar hoje à noite o lançamento da campanha que apela a que as pessoas usem o preto às sextas-feiras, em solidariedade.

A campanha pretende também chamar a atenção para as “mortes de cidadãos às mãos das forças de segurança” na África do Sul, que continua a ser um dos países mais desiguais do mundo, um quarto de século após o fim do sistema racista do apartheid.

“O demónio do racismo continua a ser um flagelo para a alma da nossa nação”, lê-se na declaração do ANC.