Bebé nasce com duas bocas, num caso extremamente raro

Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma condição de saúde extremamente rara, sendo o 35.º caso registado desde 1900, de acordo com o ScienceTimes.

Os médicos identificaram o problema num exame feito durante o terceiro trimestre de gravidez da mãe, dando conta de “uma massa irregular”, mas não conseguiram identificar a causa. Os primeiros diagnósticos incluíam um quisto, um distúrbio ao nível dos ossos ou um tumor.

Quando a menina nasceu, em Charleston, na Carolina do Sul, foi possível aferir que se tratava de uma “cavidade oral duplicada”, uma condição que descrevem como “diprosopus”, que causa a duplicação de algumas partes da cara.

Essa cavidade incluía um lábio, um conjunto de seis dentes e uma pequena língua, que se movia ao mesmo tempo que a língua normal.

Embora a condição tenha sido definida como inofensiva, não prejudicando a alimentação ou a respiração, a bebé foi submetida a uma cirurgia para remover a cavidade, aos seis meses de idade. A operação correu bem e a menina pode comer, respirar e falar normalmente, mas deixou de conseguir mover o lábio inferior.

(Noticias ao minuto)