Bolsonaro volta a desvalorizar pandemia da Covid-19 “Toda a gente morre um dia”

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro voltou a desvalorizar as mortes causadas pela pandemia, afirmando que “toda a gente morre um dia” e que o pavor em torno da Covid-19 “mata mais pessoas que o próprio vírus”.

“Morre mais gente de pavor, muitas vezes, do que do ato em si [o vírus]. O pavor também mata, leva ao stress, ao cansaço, a pessoa não dorme direito, fica sempre preocupada”, afirmou Bolsonaro num direto na sua página de Facebook, na quinta-feira à noite.

“A vida está aí. Nós vamos embora um dia. A gente lamenta mais uma vez a morte de todo o mundo, mas a única certeza é que todos vamos um dia… Como eu digo há 60 dias, [a pandemia] é como a chuva. Você está aí fora, você vai se molhar”, acrescentou o presidente, que tem sido muito criticado por minimizar as mortes por Covid-19 e insistir na reabertura da economia.