África do Sul regista o maior aumento diário de infeções por coronavirus

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

A África do Sul anunciou hoje 1.160 novos casos de contaminação pelo novo coronavírus, o balanço diário mais elevado desde o registo do primeiro caso em março, indicou o Ministério da Saúde.

No total, o país contabiliza 15.515 casos da covid-19. A província turística do Cabo ocidental reúne cerca de 60% dos casos. Foram assinalados mais três óbitos, elevando o total para 263 mortos.

A economia mais industrializada de África regista o maior número de casos entre os países do continente, seguida pelo Egito (11.719 casos, incluindo 612 mortos).

A população da África do Sul está confinada desde 27 de março.

O Governo desencadeou uma estratégia de testes em massa, que até ao momento abrangeu 460.873 pessoas.

Mas diversos especialistas sanitários assinalaram os limites desta estratégia de testes massivos, pelo facto de os resultados apenas serem conhecidos após duas semanas, contra apenas três dias registados anteriormente.

Em África, há 2.735 mortos confirmados, com mais de 82.500 infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 313.500 mortos e infetou mais de 4,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios.Mais de 1,6 milhões de doentes foram considerados curados.(Lusa)