Novo coronavírus pode propagar-se ao “falar ou respirar” alerta o médico

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Especialistas já haviam alertado que o vírus mortal é transmitido entre os seres humanos através de gotículas expelidas através da fala, espirros ou tosse.

E essas gotículas podem contaminar superfícies ou objetos e por sua vez infetarem pessoas que tocam nesses items e depois colocam inadvertidamente as mãos no rosto.

Todavia, os cientistas estão agora a avisar que o Sars-coV-2 também se pode espalhar pelo ar através de pequenas partículas com a capacidade de infetar os indivíduos simplesmente ao falarem ou respirarem.

Uma equipa de investigadores da instituição de estudos científicos norte-americana US National Academies of Science (NAS) fez a revelação num relatório entregue à Casa Branca, em Washington D.C. na quarta-feira passada, dia 1 de abril.

De acordo com o canal noticioso CNN, o relatório, escrito pelo médico e professor Harvey Fineberg, ex-reitor da Harvard School of Public Health, enfatizou que apenas a respiração de uma pessoa doente com Covid-19 pode ser um ato fisiológico perigoso.

“Enquanto as pesquisas atuais sobre o coronavírus são ainda limitadas, os dados disponíveis são consistentes com a realidade do conceito de aerossóis de secreções do vírus provenientes do simples ato de respirar”, disse Fineberg.

Se o coronavírus é afinal facilmente transmissível pelo ar que respiramos tal poderá explicar o motivo pelo qual é tão contagioso e se espalha mesmo antes das pessoas infetadas manifestarem quaisquer tipos de sintomas. (Noticias ao minuto)