R. Kelly diz que é “mal tratado” na prisão

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Acumprir pena efetiva de prisão, o cantor R. Kelly fez um apelo à justiça para que reconsiderasse a decisão de sair da prisão, alegando que está a ser “mal tratatado”, tem “falta de condições” e que “teme pela vida” atrás das grades.

Contudo, apesar dos apelos do homem condenado por múltiplos crimes relacionados com abuso de menores, os procuradores insistem que R. Kelly não deverá ser libertado e que terá de cumprir a pena de prisão até ao fim.

O portal The Blast, que teve acesso aos documentos encaminhados para o tribunal, adianta que os procuradores defendem que “se for libertado, existe o risco do criminoso fugir e, posteriormente, tentar obstruir a acção da justiça, intimidando ou até mesmo ameaçando as vítimas que o podem acusar”.

Os procuradores garantem ainda que R. Kelly está a ser “devidamente tratado e que não existe qualquer razão que possa levar à sua libertação”.(NM)