Criados dois centros de isolamento em Inhambane para pessoas infectadas com coronavirus

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

O recém-construído Hospital Distrital de Jangamo e o Centro de Trânsito de Vilankulo, em Inhambane, são os locais identificados pelas autoridades albergar e tratar as pessoas que eventualmente forem infectadas pela COVID-19.

O Hospital de Jangamo que deverá atender as zonas centro e sul da província, tem capacidade para 60 camas. Mas para já, apenas 29 foram colocadas à disposição para responder a qualquer eventualidade.

A unidade sanitária tem todo equipamento necessário para atender aos pacientes com a doença, desde materiais de protecção até de auxílio a respiração.

O Hospital Distrital de Jangamo é novo e ainda não entrou em funcionamento. Para além de infra-estrutura ideal para isolar os doentes com a COVID-19, o uso daquela unidade sanitária não afectará o funcionamento normal dos outros hospitais e nem colocará em risco os demais pacientes.

O Centro de Trânsito de Vilankulo servir os distritos de Mabote, Inhassoro, Govuro e Vilankulo, no norte de Inhambane. Tem também capacidade para 20 camas e já dispõe de todos equipamento de suporte.

Em caso de eclosão da COVID-19 em Inhambane, já existe pessoal de várias especialidades de saúde com capacidade técnica para lidar com a pandemia.

A capacitação do pessoal terminou há uma semana, sendo que parte dele já está de permanência nos locais identificados e outro em prontidão para assim que for solicitado.

Entretanto, a província ainda não tem meios para diagnosticar o vírus que há meses devasta o mundo. Neste momento, Inhambane tem cerca de 20 kits de recolha de amostras para análise no Instituto Nacional de Saúde (INS), em Maputo.

COVID-19, Centros de isolamento, Inhambane.

O Pais