Michael Jackson previu uma pandemia como o Covid-19

Michael Jackson previu que iria surgir uma pandemia no mundo e, por isso, é que usava máscara com frequência, afirmou um ex-guarda-costas do músico em declarações ao jornal The Sun.

Matt Fiddes, que trabalhou com Michael durante uma década, sublinhou que este percebeu a ameaça de um vírus como o que se tem vindo a propagar.

“Ele sabia que um desastre natural era iminente. Tinha uma enorme consciência e sabia que poderíamos ser eliminados a qualquer momento”, adianta Matt.

“Costumava brincar e dizia, ‘Michael, por favor não uses que me envergonhas’. Ele dizia, ‘Matt, posso ficar doente, não posso desapontar os meus fãs. Tenho concertos marcados. Estou neste planeta por uma razão'”, acrescentou. “Ele era muito inteligente”, completou.(NM)