Coronavírus mata mais a partir dos 60 anos: dicas para se proteger

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Todavia, e como aponta um artigo publicado no jornal britânico The Sun, os adultos a partir dos 60 anos são a faixa etária mais vulnerável ao vírus e com maior risco de morrer após serem infetados.

Tal ocorre porque o sistema imunitário do ser humano enfraquece com o avançar da idade, o que significa que o corpo de um indivíduo de 60 anos ou mais têm uma menor capacidade de lutar contra o Covid-19.

Sarah Jarvis, médica e diretora da clínica Patient Access, disse em entrevista ao The Sun: “sabemos que há medida que envelhecemos, o nosso sistema imunitário se torna menos eficiente – e esse é o motivo pelo qual as pessoas mais velhas correm um maior risco de sofrerem complicações graves ao serem infetadas pelo novo coronavírus e o motivo pelo qual a taxa de mortalidade é superior neste grupo”.

“Como o sistema imunitário já não é tão forte, há um maior risco do vírus se conseguir multiplicar bem no interior dos pulmões, causando inflamação e danos severos”, explica.

Acrescentando: “o sistema imunitário vai tentar aniquilar o vírus, mas ao mesmo tempo vai possivelmente destruir tecido pulmonar saudável, o que torna estes indivíduos mais predispostos a desenvolverem pneumonia pneumocócica“.

De facto, na China, país onde o vírus teve origem, um em cada sete indivíduos acima dos 80 anos que haviam contraído Covid-19 morreram.

Todavia, existem algumas medidas preventivas que pode tomar para se proteger a si e à sua família do novo coronavírus, sobretudo os idosos, eis nove segundo o jornal The Sun:

– Lave as mãos frequentemente;

– Mantenha alguma distância física de outras pessoas (incluindo família e amigos);

– Fique em casa (sempre que possível);

– Tente não tocar no rosto;

– ‘Cubra’ a tosse ou espirros – com um lenço de papel que deve deitar fora de seguida ou com o cotovelo;

– Desinfete as superfícies com frequência (incluindo objetos como o telemóvel ou comando da televisão);

– Evite multidões;

– Fique em casa se estiver doente e contacte o seu sistema de saúde local ;

– Esteja atento a quaisquer sintomas que possa estar a sentir.

 

(Noticias ao minuto)