Suíça pensa em devolver dinheiro que ganhou com comércio de escravos

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Projeto é uma iniciativa do Comitê Suíço de Reparação da Escravatura (SCORES)

A história do mundo é marcada por momentos de grande vergonha para os países de diferentes continentes. Um exemplo disso é a escravidão, que serviu como plataforma de ascensão de diversas potências globais e até hoje é negada por grande parte das pessoas como um episódio que deixou marcas profundas na sociedade atual. Apesar de tudo isso, há grupos intentados em reparar essa mancha que domina boa parte de nossa história.

A Suíça, por exemplo, vem discutindo com diversos grupos a possibilidade de devolver ao países afetados as quantias que recebeu como lucro sob o mercado de escravidão na África e nas Américas entre os séculos XVI e XIX. O projeto, que é uma iniciativa do Comitê Suíço de Reparação da Escravatura (SCORES), tem como objetivo fazer com que país perceba sua participação ativa na escravidão e repare da forma que lhe compete.

No entanto, o governo suíço vem tentando abafar a medida, dizendo que o país jamais atuou como uma potência escravista e que a participação no mercado de escravos não justifica tal decisão. As discussões têm envolvido acadêmicos, pensadores e líderes de movimentos pela igualdade racial e deve chegar à Assembleia Federal do país e se transformar em pauta do governo.

Source: UOL