Neymar critica os médicos do PSG: “tive várias discussões”

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

O craque brasileiro garantiu que tinha condições de ter voltado aos gramados antes de enfrentar o Borussia Dortmund, pela Champions League

Neymar fez gol na derrota por 2 a 1 do PSG para o Borussia Dortmund, nesta terça-feira (18), no jogo de ida válido pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

Após o encontro, o brasileiro, que tinha falhado as últimas quatro partidas do PSG, apontou o dedo à equipa médica do emblema gaulês, sublinhando que já se encontrava em condições para regressar à competição há semanas.

“Não foi minha escolha não jogar as últimas partidas. Eu queria jogar, sentia-me bem. Foi uma coisa decidida pelo clube e médicos e tive que aceitar. Tive várias discussões, e não gostei do que propuseram, mas respeitei. Isso acaba por seu mau para mim e companheiros”, revelou em outras declarações ao Esporte Interativo.

“Eu tive uma fissura, mas não era nada que me impedia de jogar. Já dava para atuar contra o Lyon (no último fim de semana), mas adiaram e adiaram novamente. Entendo o medo que o clube sofre, mas não pode ser assim. Quem acaba por sofrer é o jogador. Para mim foi complicado jogar uma partida como esta (contra o Dortmund) sem intensidade, a sofrer. Se tivesse boas condições físicas tenho certeza que seria melhor”, atirou.(NM)