Treinar o Barça foi uma sorte incrível diz antigo treinador Ernesto Valverde

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Ernesto Valverde, antigo treinador do Barcelona, em declarações à margem da entrega do ‘Premio Referente’, abordou esta quinta-feira a sua passagem pelo emblema catalão, lembrando que foi muito feliz por ter orientado o emblema blaugrana.

Assumindo que tem estado distante do futebol desde a sua demissão, o técnico assumiu que ver jogar uma equipa que já orientou é algo que custa a qualquer treinador.

“A partir do momento em que assinas contrato sabes que estás no teu momento mais alto de popularidade no Barcelona e, a partir daí, depende dos resultados. Sabemos como isto é. Não penso se fui tratado injustamente ou não. É passar a página. Interessa-me olhar para a frente e não para trás”, atirou Valverde.

“A verdade é que não tenho visto muito futebol. Preferi manter distância porque quando estás num clube em que tudo acontece a 200 à hora não podes ‘travar a frio'”, explicou o ex-Barça.

“Todos os clubes te deixam marca, no sentido do tempo que estás lá. Para mim, treinar o Barcelona foi uma sorte incrível. Estou muito feliz por lá ter passado”, atirou para terminar sobre o tema, falando depois sobre o seu futuro.

“Tinha decidido parar um pouco porque estou há muito tempo a treinar consecutivamente. Logo veremos. Ainda não tomei nenhuma decisão. A verdade é que gosto de fazer coisas difíceis. Falam-me da Premier League e eu digo-lhes que eu gostaria de ir para a Austrália”, terminou Valverde.(Noticias ao minuto)