China pede a alunos e professores estrangeiros que regressem aos seus países

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Milhares de professores e estudantes estrangeiros na China estão a ser aconselhados pelas respetivas universidades a voltarem aos seus países, numa altura de indecisão face à propagação do coronavírus por todo continente chinês.

Vários estudantes e professores contactados pela agência Lusa dizem terem sido aconselhados a regressarem a casa por período indefinido. “Por favor, regresse a casa, pode voltar assim que a guerra contra o surto acabar”, lê-se numa das mensagens a que a Lusa teve acesso.

O surto do Covid-19 matou, até à data, mais de 1.300 pessoas e infetou quase 60.000 pessoas em toda a China, levando a um corte temporário nos laços entre o país e a comunidade global. Várias companhias aéreas suspenderam voos de e para a China. Os países vizinhos Vietname, Coreia do Norte ou Rússia encerraram também as fronteiras terrestres com o país.