Medicamentos para a SIDA usados para tratar doentes de coronavírus

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Uma mistura de medicamentos contra o VIH está a começar a ser usada na China em pacientes infetados com coronavírus como terapia experimental.

Esta nova forma de tratar doentes do surto, ainda em fase experimental levou, como consequência, a uma corrida ao mercado negro por pessoas que receiam estar doentes ou que têm medo de que possam ficar no futuro.

A notícia, avançada pelo The Guardian, dá conta de que muitos procuram o Kaletra em empresas na Índia e até junto de pessoas portadoras de VIH na China.

O Kaletra, uma combinação de dois medicamentos anti-VIH – lopinavir e ritonavir -, tem sido usado em pacientes com coronavírus após se ter iniciado um estudo na China a 18 de janeiro com o objetivo de perceber se esta terapia é eficaz contra o novo vírus.

Este estudo tem como objetivo testar cerca de 200 pacientes, cuja condição será cuidadosamente monitorizada. Os resultados serão comparados com os de pessoas infetadas com a mesma condição clínica que não receberam a terapia experimental.

O vírus que ficou conhecido como o vírus da China não tem, para já, um tratamento específico e comprovado.

Há já mais de 700 mortos, a maioria na China, e mais de 28 mil infetados mundialmente.

CM