Joel Williams apresentou certificado Falso de formação em teologias ao Governo Moçambicano

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

O famoso profeta Joel Williams é acusado pelo jornal Dossier Factos de falsificar certificado.

Dossier Factos divulgou e estampou o profeta na capa de manchete, na manhã de hoje segunda feira, uma informação de profunda investigação e dedicação azeda, o artigo diz que o Joel Williams, apresentou certificados falsos de formação em teologias falsas ao estado Moçambicano, quando requeria certidão para o funcionamento da sua igreja.

Dossier Factos afirma também ter em posse documentos totalmente relevantes ligados ao financiamento da Igreja ministério palavra profecia ( Igreja de Joel Williams). A referida seita religiosa, cujo o nome tem sido difundido de forma tímida, pertencente ao famoso e mais polémico profeta Joel Williams nome projetado do cidadão Tawanda Joel Chamusora, não consegue, desde 2015, adquirir a respectiva certidão junto ao ministério da Justiça assuntos constitucionais e religiosos, em vertude de o requerente Tawanda ter apresentado certificados de formação em teologia supostamente falsos e ter prestado falsas declarações.

POR QUE É QUE NÃO LHE FOI PASSADA A CERTIDÃO?

Dossier Factos acrescenta que depois da comunicação feita à Igreja, e quando esta se preparava para receber aquele importante documento, eis que se descobre que o requerente Tawanda Joel Williams era o famoso Joel Williams, e o processo foi travado para mais averiguações.

Das ditas averiguações, foi instado ao requerente, neste caso ao profeta Joel Williams, que apresentasse um documento de certificação para efeitos de confirmação dos seus estudos teológicos, tendo em conta que na documentação submetida ao ministério da justiça assuntos constitucionais e religiosos declarou ter sido supostamente formado em teologia, na vizinha República do Zimbabué.

O assunto, que até aqui se guia um curso normal conheceu novos contornos, e piorou quando o “Profeta”, ao invés de trazer o documento solicitado, trouxe um outro diploma desta feita que dizia ter sido formado em teologia por uma instituição de ensino daqui do nosso país, contrariamente ao que vem declarado nos documentos submetidos ao governo.

Com essas contradições, as suspeitas cresceram ainda mais, e o processo foi levado a seu tempo e, como tal, não lhe foi entregue a solicitada certidão.

Num outro desenvolvimento o jornal Dossier Factos diz que contactou, o profeta Joel Williams, mas em contra ataque este ameaçou o repórter do Dossier Factos, alegando ter advogados que cuidam de todos os assuntos ligados à sua personalidade.
Mas com tanta insistência do Dossier Factos o Joel Williams deu sua versão sobre o assunto, e diz que a informação é falsa, mas gaguejou quando foi perguntado se a sua congregação tinha ou não certidão.

“Tudo isso é falso, qualquer assunto que você quer fazer sobre mim, você vai falar com meu advogado. Essa informação é falsa, e sabe que fazer declarações falsas é crime né? Vocês falam uma coisa que não tem uma informação relevante daquilo que vocês chamam que é. O que é mais importante é que qualquer coisa adiante fala com meu advogado” diz Joel

O jornal também não foi romântico na entrevista, estes perguntaram onde fez a formação de teologia, e para responder Joel Williams ficou nervoso e disse que então ” escrevam o que vocês acham e querem, eu não falo dos meus assuntos pessoais e da igreja ao telefone, se querem saber da minha vida venham no meu escritório na segunda feira” disse Joel Williams alegando que não tinha tempo porque estava de viagem.

Para mais detalhes sobre este assunto, adquiri ainda hoje o jornal Dossier Factos Disponível nas bancas.