Filipe Nyusi já é Presidente da República pela segunda vez

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Filipe Nyusi foi empossado, esta manhã, para o segundo mandato como Presidente da República, pelo Conselho Constitucional (CC).

Nyusi recebeu, das mãos da juíza presidente do CC, Lúcia Ribeiro, os símbolos do poder, nomeadamente, a Constituição da República, a Bandeira Nacional, o Emblema da República, o Pavilhão Presidencial e o Martelo.

Antes de ser declarado empossado para dirigir Moçambique nos próximos cinco anos, Filipe Nyusi jurou, pela sua honra, respeitar e fazer respeitar a Constituição da República, assim como desempenhar fielmente as suas funções de Chefe de Estado (…).

Filipe Nyusi chegou à Praça da Independência – capital moçambicana – por volta das 10h00, houve execução do hino nacional, pela banda militar.

Nyusi fez a revista da Guarda à Honra, ocupou o seu lugar na tribuna de honra, de onde foi chamado, momentos depois, a devolver os símbolos do poder, por volta das 10h08. Deste período até cerca das 10h45, Nyusi era um cidadão comum.

Ou seja, por cerca de 37 minutos, o país não tinha Chefe de Estado e os poderes deste estavam, implicitamente, nas mãos da presidente da Assembleia da República (AR), Esperanças Bias, nos termos previstos pela Constituição da República.

Durante esse tempo, os mais de três mil convidados nacionais e estrangeiros para a investidura de Nyusi, para o segundo mandato, ouviram orações de diferentes confissões religiosas e declamação de poemas laudatórios.

Seguiram-se ainda várias actuações de grupos culturais, antecedendo o momento mais aguardado: o discurso do Presidente empossado.

O PAIS