Cientistas descobrem novos vírus que podem ser transmitidos aos humanos

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Um grupo de cientistas do Centro Alemão de Pesquisa de Infeções (DZIF) anunciou hoje a descoberta de centenas de novos vírus que podem ser transmitidos aos seres humanos através de insetos.

Os cientistas concentraram as suas pesquisas, efetuadas em colaboração com a clínica universitária de La Charité, em Berlim, na deteção de novos vírus de animais, a fim de identificarem novas doenças virais que possam causar epidemias.

No estudo, publicado na revista científica “PLOS Pathogens”, os investigadores analisaram um total de 1.243 insetos, através dos quais descobriram vírus que podiam cobrir pelo menos 20 géneros.

Estudos anteriores concentraram-se principalmente no estudo de insetos que se alimentam de sangue, como mosquitos (transmissores de infeções como zika, malária ou dengue), enquanto que desta vez foram incluídos insetos de todos os grupos.

O diretor do DZIF, Christian Drosten, declarou num comunicado à imprensa que “todos os novos vírus encontrados podem ser a causa de uma doença que antes era desconhecida, tanto em humanos quanto em animais”.

Para facilitar o diagnóstico de infeções virais incomuns, Drosten e sua equipa trabalham numa base de dados que ajudará a detetar vírus raros e aos quais novas descobertas já foram adicionadas.

Os cientistas fazem esse trabalho registando como o corpo se comporta quando é infetado por um vírus específico, relacionando não apenas os sintomas, mas como o próprio se comporta dentro de um organismo, facilitando, por exemplo, o diagnóstico de um novo vírus semelhante a outro descoberto.

“Se o paciente tiver um vírus, nós o encontraremos, desde que esteja em nosso banco de dados ou tenha alguma semelhança com um vírus que está nele”, explicou Drosten.

LUSA