Violador de crianças condenado a 40 anos de prisão em Inhambane

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

O Tribunal Provincial de Inhambane condenou a 40 anos de prisão o cidadão das Ilhas Maurícias, que em Março do ano em curso, violou sexualmente seis menores no distrito de Vilankulo.

O violador de 52 anos de idade deverá também pagar a favor de cada uma das vítimas uma indemnização de cerca de 500 mil meticais.

Segundo a RM, o caso foi despoletado por trabalhadores de uma casa de férias onde, até a data dos factos, o cidadão residia e violava as menores.

O Procurador provincial de Inhambane, José Manuel, afirma que por ordem do tribunal, depois de cumprir a pena, o cidadão estrangeiro devera ser expulso do país.