Saiba Por que os cães cheiram as nossas partes íntimas

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Afinal, por que os cães tendem a cheirar as nossas partes íntimas?

Os cães têm um olfato altamente desenvolvido com o intuito de interagir e explorar o mundo ao seu redor. Como todos os outros mamíferos, têm estruturas chamadas glândulas sudoríparas apócrinas.

Estas glândulas, que nos cães estão espalhadas por todo o corpo, nas partes íntimas e na cauda produzem substâncias, conhecidas por feromonas, que se caracterizam por um odor muito particular.

Especificamente, as feromonas permitem que os cães adquiram informações sobre os outros animais: sexo, idade, mudanças hormonais e até mesmo humor. Em suma, poderíamos chamá-lo de uma espécie de cartão de apresentação que os coloca em contato uns com os outros.

Então, da mesma forma que as pessoas dão as mãos e conversam, os cachorros cheiram-se para se conhecerem. Mas e quando têm esse comportamento com os humanos? Dá no mesmo! Quando um cão cheira as partes íntimas de uma pessoa é porque quer saber algo mais sobre nós.

E ele coloca o focinho nas partes íntimas porque as glândulas sudoríparas do homem não estão em todo o corpo, mas sim nas axilas e na virilha, então o instinto é ir direto para essa região anatómica. Se o cão faz isso com estranhos é para ter informações sobre a pessoa, se o faz com os seus donos é apenas para saber como está o humor do dono naquele momento.

Não é, portanto, nenhum tipo de atitude anómala, mas consonante com a sua natureza. Em particular, os cães tendem a cheirar as partes íntimas das mulheres durante o ciclo menstrual, quando deram à luz ou estão a amamentar, ou quando estão no período da ovulação ou, em geral, de pessoas que tiveram relações sexuais. A razão é clara: o cheiro das feromonas é mais forte e mais consistente.

(Noticias ao minuto)

Loading...