Mulher fica cega depois de usar telemóvel durante toda a noite

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Uma mulher ficou temporariamente cega, na China, devido ao uso excessivo do telemóvel e teve mesmo de ser submetida a uma cirurgia a laser para recuperar a visão.

De acordo com a Fox News, a paciente esteve a olhar para o ecrã do telemóvel toda a noite até que, de manhã, reparou que tinha perdido a visão do olho esquerdo, “depois de uma veia ter rebentado e inundado a retina de sangue, bloqueando a visão”.

A equipa médica que atendeu a mulher já explicou que a exposição às luzes do ecrã do aparelho gerou demasiada tensão muscular no olho que, consequentemente, provocou a rutura da veia.

“Foi diagnosticada à doente uma retinopatia de Valsava. Acontece quando há uma rutura de vasos sanguíneos superficiais da retina devido ao esforço físico”, clarificou a médica Qiu Wangjian.

A mesma profissional de saúde revelou que foram encontradas grandes manchas de sangue na retina da paciente, por isso, a equipa médica agiu imediatamente para a mulher não ter sequelas do acidente.

Para remover o sangue, foi necessária uma operação a laser. Depois da drenagem, a mulher recuperou a visão.

Recorde-se que a exposição do olho à luz de dispositivos eletrónicos não é de hoje. No ano passado, por exemplo, a Universidade de Toledo, em Espanha, demonstrou que a luz azul, emitida pelos ecrã dos telemóveis, prejudica a retina e incita o crescimento de moléculas venenosas que podem provocar a degeneração ocular.

A Academia Americana de Oftalmologia também veio a público dizer que houve um aumento do número de reclamações sobre “desconfortos, fadiga ocular, olhos secos, dores de cabeça e insónia” devido à excessiva exposição a ecrãs de aparelhos.

Por essa razão, os cuidados preventivos com a saúde ocular aumentaram. A mesma entidade norte-americana recomenda a distância de um braços entre os olhos e os monitores, bem como a utilização de filtros foscos e ajustes na iluminação dos telemóveis.

Outra recomendação é descansar a visão, se possível utilizando a “regra 20-20-20”, ou seja, a cada 20 minutos de exposição a um ecrã fazer uma pausa de 20 segundos a olhar para um objeto a 20 pés (cerca de seis metros) de distância.

(Notícias ao minuto)