Ultimate magazine theme for WordPress.

Frelimo recorda tragédia de Mbuzini acidente que matou Samora Machel e mais 32 pessoas

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

A Frelimo emitiu, uma mensagem por ocasião da passagem do 19 de Outubro, dia que assinala os 33 anos do trágico acidente de aviação em Mbuzine, que vitimou o Primeiro Presidente de Moçambique, Samora Moisés Machel e mais 32 pessoas.

Em seguida o teor da mensagem na íntegra:

“Passam hoje, sábado dia 19 de Outubro de 2019, 33 anos, que em Mbuzine, território Sul-africano, encontraram a morte, o saudoso Samora Moisés Machel, Primeiro Presidente do Moçambique independente.

O Presidente Samora Machel e mais 32 camaradas, pereceram quando regressavam de Mbala, na República da Zâmbia, em cumprimento de, em mais uma missão da Paz.

A FRELIMO recorda aquele que, com o seu carisma galvanizou a cidadania moçambicana e liderou as nacionalizações que cimentaram as nossas conquistas.

Recordar Samora Machel, remete-nos a um conforto permanente de sentimentos. Revivemos com nostalgia a sua permanente partida numa tentativa incansável, na defesa dos mais nobres princípios de Liberdade, Paz e Justiça.

Lembramos, com saudosismo, a sua entrega à causa do Povo, o patriotismo e seu cometimento com a prosperidade do nosso belo Moçambique.

Exemplo acabado do patriotismo, Samora Machel tombou defendendo os nobres princípios de Liberdade, Paz, Justiça e Patriotismo.

A FRELIMO recorda o seu Presidente neste dia e junta-se à família Machel, aos combatentes da Luta de Libertação Nacional, a todos os patriotas e às forças vivas da Sociedade, recordando aquele que, regressando de uma missão de Paz na Zâmbia morreu pela liberdade dos moçambicanos e também dos sul-africanos então vítimas do Apartheid.

A FRELIMO exorta os moçambicanos a continuar a abraçar os princípios defendidos pelo saudoso Presidente Samora Machel, que se condensam na Independência Nacional, no amor à Pátria, no espírito de trabalho e na educação e cultura.

Para a FRELIMO, a cultura, nas suas diversas manifestações é um elemento essencial da afirmação da identidade moçambicana, promoção da auto-estima, de consolidação da Unidade Nacional e desenvolvimento.

Acabamos de realizar as eleições Presidenciais, Legislativas e Provinciais no nosso País. A FRELIMO agradece o eleitorado que afluiu às urnas e votou no Partido FRELIMO e no seu candidato Camarada Filipe Jacinto Nyusi para que este continue a realizar obras em prol do desenvolvimento de Moçambique.