Ultimate magazine theme for WordPress.

Dirigentes da Renamo encontrados mortos em Tete

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Dois dirigentes da Renamo, que tinham desaparecido no dia da votação no distrito de Zumbo, na província moçambicana de Tete, foram encontrados esta sexta-feira, 18, mortos, crivados de balas numa mata local, disse à VOA o delegado provincial do partido da oposição.

Barbara Jeque, presidente da liga da Liga Feminina da Renamo, no distrito do Zumbo, na companhia do marido, também membro do partido, desapareceram na terça-feira, 14, quando se dirigiram ao posto administrativo de Zambwe, para entregar as credenciais aos delegados de candidatura e as réplicas de cadernos de votação.

“No regresso, cerca das 10 horas, foram interceptados por esquadrões da morte e conduziram-nos na mata e foram-lhes matar”, disse Evaristo Sixpense.

“A mulher (foi atingida) com oito tiros e o marido também foi morto de tiros, e também foi carbonizado”, acrescentou o delegado provincial da Renamo, acrescentando que no fim do dia da votação, o partido lançou um alerta sobre o desaparecimento dos dois dirigentes.

“Ontem começamos a investigar as pistas de um dos populares”, precisou Evaristo Sixpense, para depois acrescentar que “hoje conseguimos achar os corpos e já se realizou o funeral ainda esta tarde”.

A Renamo supõe que o assassinato esteja ligado a motivações politicas.

A VOA tentou em vão ouvir a Polícia da Republica de Moçambique (PRM) e o Governo local.