Filipe Nyusi diz estar em contacto com a Renamo para dinamizar desarmamento

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

O candidato presidencial do partido no poder e atual chefe de Estado, Filipe Nyusi, reafirmou hoje o seu compromisso com a paz, referindo que continua em contacto com a Renamo para flexibilizar o desarmamento desta força da oposição.

“Nesta manhã, antes do começar o comício, liguei para a outra parte para perguntar sobre o nosso processo de desarmamento, desmobilização e reconciliação”, disse Filipe Nyusi, falando num comício no distrito de Mucuba, na província da Zambézia, no âmbito da campanha eleitoral que termina no sábado.

Para Filipe Nyusi, não faz sentido que ainda existam homens armados da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), principal partido de oposição, nas matas, na medida em que essas pessoas podiam contribuir para o desenvolvimento do país.

“Esses [guerrilheiros] que estão aí no mato devem desistir e vir para aqui”, afirmou o líder da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), partido no poder desde a independência, em 1975.

Nyusi disse ainda que o tema da paz e reconciliação deve ser sempre uma prioridade.

“Este é um processo que teremos de debater sempre. Mesmo agora em campanha eu ligo e ele também. Temos de terminar isso”, acrescentou o chefe de Estado moçambicano.

LUSA