Ultimate magazine theme for WordPress.

Daviz Simango diz que ameaças à paz mostram que há excluídos nas negociações

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

O líder do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) defendeu hoje que as ameaças à paz com o grupo da Renamo, que contesta a liderança do partido e exige a anulação dos acordos de paz, resultam da exclusão de outros atores nas negociações.

“As pessoas não foram envolvidas e, se nós estamos a fazer as negociações ignorando partes, teremos problemas”, disse Daviz Simango, falando à margem das celebrações dos 112 anos da cidade da Beira, centro de Moçambique.

Para o presidente do MDM, o Governo moçambicano e a Resistência Nacional Moçambicana (Renamo) devem encontrar uma plataforma para negociar com grupo, que ameaça retornar a guerra caso as suas exigências sejam ignoradas.

LUSA

Loading...
moznews.co.mz