Detido padrasto por violar sua enteada em Sofala

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Detido homem de aproximadamente 51 anos de idade por ter violado de forma recorrente a sua enteada de 13 anos de idade. Segundo a menor, o acto era antecedido de sucessivas ameaças.

Segundo informa Miramar, o acto foi denunciado as autoridades policiais do distrito do Dondo, em Sofala, pelo professor da menor que notou sucessivas ausências e um comportamento diferente na sua aluna. O professor decidiu ir a casa da menor com intenção de levá-la à escola de modo a fazer as avaliações provínciais.

Detido no Comando Distrital do Dondo, o padrasto nega ter violado sexualmente a sua enteada.

Consta que a mãe da menor sabia dos sucessivos abusos sexuais a que a sua filha era vítima e por temer represálias nunca chegou a denunciar o caso as autoridades.