4 partes do corpo que não deve lavar com muita frequência

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Está entre aqueles que toma dois ou mais banhos por dia? Então este artigo é para si.

Para ter uma boa higiene pessoal, não é necessário ‘viver’ na banheira.

Há algumas partes do corpo, que têm propriedades de autolimpeza e não necessitam de ser lavadas com tanta frequência para serem saudáveis.

A publicação especializada Medical Daily, revela quatro áreas do corpo a ter em atenção:

Vagina

A limpeza excessiva dos genitais femininos pode resultar em infeções como a vaginose bacteriana, que podem provocar odores extremamente desagradáveis. Normalmente, é suficiente limpar a vulva com água e se usar sabonete opte por um produto neutro.

Rosto

“É aconselhável lavar o rosto duas vezes por dia. Porém, uma limpeza profunda não deve fazer parte da rotina diária”, alerta a dermatologista norte-americana Jody Levine. A esfoliação é fundamental para a eliminação das células mortas, mas deve ser apenas realizada duas vezes por semana.

Nariz

Poeira, muco, poluição da rua, espirros ou comichão – sim, é extremamente tentador estar frequentemente a limpar o nariz. Todavia, há que ter em conta que quanto mais mexe no nariz maior é a probabilidade de sofrer de hemorragias e de surgirem feridas. Se sentir o nariz congestionado e sujo opte por utilizar soro fisiológico num pouco de algodão para eliminar as impurezas.

Cabelo

Lava o cabelo todos os dias? Errado. Para os fios e o couro cabeludo se manterem saudáveis necessitam dos óleos que produzem naturalmente. Comece por lavar o cabelo dia sim, dia não e depois de dois em dois dias – passado algum tempo nem vai notar a diferença!

NM