Duas jovens detidas por matar colega de escola porque era bonita

Partilha Esta Noticia com os Seus Amigos

Duas jovens são acusadas de terem matado uma colega de escola na Rússia.

O corpo desfigurado de Viktoria Averina, de 17 anos, foi encontrado abandonado num edifício na cidade de Arkhangelsk.

Segundo a polícia, o rosto foi desfigurado com pedaços de vidro e a jovem foi cruelmente torturada antes de ser estrangulada até à morte. Na origem do ataque estará o facto de Viktoria ser demasiado bonita.

As autoridades acreditaram, inicialmente, que o ataque havia sido perpetrado por um ‘maníaco’, mas duas jovens de 16 anos acabaram por ser detidas.

Lina e Irina assumiram a autoria do crime que matou a rapariga, que em tempos fora amiga próxima de ambas.

As duas contaram que Viktoria se gabava de ser a mais bonita das três e de adotar um comportamento abusivo e arrogante para com as colegas.

Estas terão partido uma garrafa na cabeça da vítima, cortaram-lhe o rosto com a garrafa já partida e depois sufocaram-na, detalha o Daily Mail.

As jovens incorrem agora numa pena de prisão de 15 anos caso sejam consideradas culpadas pelo crime.

(Noticias ao minuto)