Ultimate magazine theme for WordPress.

Não usem capulanas no momento íntimo com os vossos maridos diz vovó Isabel

Quando o assunto é aconselhar em torno do uso da capulana e a sua serventia, há que ficar “em sentido” e escutar a voz da experiência, pois, de acordo com a vovó Isabel Langa, “não gostar de capulana não é bom, toda a mulher deve ter e usar”.

Pois bem, somente para nos situarmos, esta peça é, normalmente, usada para cobrir o corpo ou amarrar o bebé ao colo da sua mãe. E não só.

De alguma forma, tê-la consigo ajuda a mulher a amealhar uma cotação positiva, em matéria de comportamento. Se não, vejamos: “ao lavar a loiça, varrer o quintal, receber visitas em casa, a mulher deve estar vestida de capulana, para demonstrar que tem respeito…”, defende a vovó. Mas, não só nestas circunstâncias, como também “quando vai à rua, deve levar consigo na bolsa, porque podem acontecer imprevistos, que a obriguem a cobrir o corpo para não ficar mal no meio de pessoas”.No lar, avança a vovó, a mulher deve ter, pelo menos, dez capulanas: “a maioria para os trabalhos domésticos e outras para o bebé…, afinal, cada uma tem a sua função”.

Chegados aqui, equívocos à parte, “não usem capulanas no momento íntimo com os vossos maridos. A mulher deve usar uma camisa de dormir, comprida e transparente. Somente isto”, encerrou a conversa.

Jornaldomingo

Loading...